Estudiosos recomendam investigação criteriosa e persistente e atenção a diferentes sinais da criança. As entrevistas, bem organizadas e ao mesmo tempo livres, com a criança podem permitir que ela revele sua dor e os caminhos dessa sintomatologia. Não podemos esquecer os fatores biológicos, psicológicos, ambientais, predisponentes na vida infantil, que podem ser fontes da depressão. […]

Leia mais